terça-feira, 1 de junho de 2010

Músicas

.” SABER E PRAZER: A MÚSICA COMO RECURSO DIDÁTICO-PEDAGÓGICO

“ Longa é a arte
Tão breve a vida”.
( Tom Jobim)
A música assume considerável importância como recurso pedagógico. Um dos seus objetivos básicos consiste na associação, tanto quanto possível, entre saber e prazer em sala de aula. Ou,como queira, a experimentação de novos sabores dos saberes.
São muitos os temas de Geografia e Biologia, que podem ser abordados em músicas dos mais diversos compositores.
Evidentemente que é preciso se pensar na adequação entre a letra e o conteúdo da disciplina, entre a letra e o nível de desenvolvimento cognitivo dos alunos.
Para trabalhar com música propõe-se seguir algumas etapas:
*entregar cópia com a letra da música;
*ouvir a música;
*solicitar a realização de uma leitura silenciosa para destacar os pontos mais significativos;
*discutir a letra,articulando a idéia do compositor ao tema estudado;
*fazer interpretação oral e escrita;
*produzir e apresentar paródia.
Quanto aos recursos, são fáceis de conseguir: Rádio, CD,busca em sites a letra e vídeo da música.
MÚSICA – 1

BALANÇA BRA SIL BRASIL

Michael Sulivan/ Carlinhos Conceição

Ah, meu Brasil, vou pra avenida com vocês
Do carnaval eu sou freguês
Acho
que eu vou morar no Rio de vez.
Balança Brasil... Ah, meu Brasil,a cidade foi pro mar
Rio de Janeiro Redentor
Braços abertos pra quem chegar.
Eu vi o céu no azul dos olhos da menina
Peguei a estrada pra Vitória
Fui rever minha capixaba.

Ah, meu Brasil, Salvador é logo ali
Bahia boa tem canoa, mulher boa
E a gente à toa
Meu samba reggae lá no Sergipe
Em Alagoas, Pajuçara praia linda
Oh, meu Nordeste.

Ah, meu Brasil naquela noite em Pernambuco
Olinda linda Recife
Fazer amor na areia de boa Viagem, no céu
E a tietagem em Itamaracá.

Ah, meu Brasil, forrobodó na Paraíba
Meu Rio Grande Natal
Fole arretado, quadrilha pra todo lado
São João cai animado no forró de lá.

Ah, meu Brasil, de noite é bom no Ceará
Mulher gostosa de lambar
Quem sabe a gente ainda se encontra por lá.


Balança Brasil
Adoro te ver contente
Balança Brasil
O sonho de tanta gente
Balança Brasil
Sacode esse meu país
Pra gente ser feliz.

Ah, meu Brasil, São Luís do Maranhão
Cai no reggae de vez
Lá o Brasil foi pra Jamaica
No Piauí quase casei em Teresina
Tem a Jorgete, a Luzinete, a Bernadete,
A Carolina.

Ah, meu Brasil, chegando em Belém do Pará
Arrebentei no carimbó
E no merengue.
No Amazonas, em Goiás, no Mato Grosso
Fui bóia- fria, fui caboclo, vi a fauna
Que colosso.

Ah, meu Brasil, São Paulo não é só garoa
Meu Rio Grande do Sul
Tem a bombacha, o fandango, tem a raça
O chimarrão, boa cachaça. Oh meu Paraná.

Ah, meu Brasil, de lá de Santa Catarina
Voei pra Minas Gerais
Mina calada, por demais desconfiada
Mui amada, minha doce namorada.


Ah, meu Brasil, vou pra avenida com vocês
Do carnaval eu sou freguês
Acho que eu vou morar no Rio de vez.
Balança Brasil...

MÚSICA 2
Leia a letra da música do Skank a seguir:
PACATO CIDADÃO
Pacato cidadão
Pacato cidadão, te chamei a atenção
Não foi à toa, não
C’est fini la utopia, mas a guerra todo dia
Dia a dia não
Tracei a vida inteira planos tão incríveis
Tramo a luz do Sol
Apoiado em poesia e em tecnologia
Agora à luz do Sol
Pra que tanta tevê, tanto tempo pra perder
Qualquer coisa que se queira saber querer
Tudo bem, dissipação de vez em quando é bão
Misturar o brasileiro com o alemão
Pra que tanta sujeira nas ruas e nos rios
Qualquer coisa que se suje dele, diga logo a verdade
Sem perder a cabeça, sem perder a amizade
Consertar o rádio e o casamento
Corre a felicidade no asfalto cinzento.
Abolir a escravidão do caboclo brasileiro
Numa mão, na outra dinheiro.
Pacato cidadão
Ô pacato da civilização
Samuel Rosa e Chico Amaral. Em: Calango, Sony
Musica, 1994
INTERPRETANDO A MÚSICA
1-Qual o significado da palavra caboclo na letra da música?
2-Por que os autores se referem à escravidão do caboclo brasileiro?
3- Por que eles colocaram a frase: Numa mão educação na outra dinheiro?
4- Qual o trecho da música você achou mais interessante?

MÚSICA 3-
PARABOLICAMARÁ
Gilberto Gil
Antes mundo era pequeno
Porque terra era grande
Hoje mundo é muito grande
Porque Terra é pequena
Do tamanho da antena parabolicamará

Ê a, volta do mundo, camará
Ê,mundo dá volta, camará

Antes mundo era distante
Perto só quando dava
Quando muito ali defronte
E o horizonte acabava
Hoje lá trás dos montes dendê casa, camará

Ê, volta do mundo, camará
Ê, mundo dá volta, camará

De jangada leva uma eternidade
De saveiro leva uma encarnação
De avião o tempo de uma saudade
Pela onda luminosa
Leva o tempo de um rio
Tempo que levava Rosa
Pra aprumar o balaio
Quando sentia que o balaio ia escorregar

Ê, volta do mundo, camará
Ê, mundo dá volta, camará

Esse tempo nunca passa
Não é de ontem nem de hoje
Mora no som da cabaça
Nem está preso nem foge
No instante que tange
O berimbau
Meu camará

Ê, volta do mundo, camará
Ê, mundo dá volta, camará

Esse tempo não tem rédea
Nem nas asas do vento
O momento da tragédia
Chico Ferreira e Bento
Só souberam na hora do destino.

Ê, volta do mundo, camará
Ê, mundo dá volta, camará

INTERPRETANDO MÚSICA
1-O título da música é PARABOLICAMARÁ. Qual foi a intenção do artista ao fazer a junção dos termos parabólica e camará?
2-Qual a relação existente entre a letra da música, PARABOLICAMARÁ, e o tema globalização?
3-Explique o que Gilberto Gil quis dizer com os versos:
“Antes mundo era pequeno
Porque Terra era grande
Hoje mundo é muito grande
Porque Terra é pequena (...)”

4 - Na música o autor mostra a rapidez da velocidade em diferentes tecnologias. Transcreva a estrofe que demonstra esta seqüência.
5 - A globalização influencia em sua vida? Justifique sua resposta.
6- Você acha que o avanço tecnológico vai aproximar as pessoas ou aumentar a diferença entre pobres e ricos? Explique seu ponto de vista.
7 -Observe estes versos da segunda estrofe:
“ E o horizonte acabava
Hoje trás dos montes dendê cãs, camará”
Quando Gilberto Gil diz que “acabava”, o que ele está sugerindo para o futuro?


MÚSICA-4

Nova Era Techno

Compositor(es): Plebe Rude

Bem vindo micro, não sei pra que te apresentar
ele fará tudo por você, no seu lugar

Baixa, baixa, baixa o nível um pouco mais
Nova era techno te deixou pra trás

Eu quero ser um técnico
apertar botões no meu robô
informações ao meu dispor

O seu futuro já chegou!

Vem brincar com o novo brinquedo
antes que ele acabe por querer brincar com você

Baixa, baixa, baixa o nível um pouco mais
Nova era techno te deixou pra trás

Na primeira revolução industrial
a maquina substituiu o trabalho braçal
Na segunda revolução industrial
a maquina substituiu o trabalho mental

Se você quiser trabalhar
você vai ter esperar na sua casa


Música 5-
PLANETA AZUL
Chitâozinho e Xororó
Composição: Aldemir e Xororó

A vida e a natureza sempre a mercê da poluição
se invertem as estações do ano
faz calor no inverno e frio no verão
os peixes morrendo nos rios
estão se extinguindo espécies animais
e tudo retribui o mal que a gente faz .
Onde a chuva caía quase todo dia
já não chove nada
o sol abrasador rachando o leito dos rios secos
sem um pingo d’água
quanto ao futuro inseguro
será assim de norte a sul
a terra nua semelhante à lua

O que será desse planeta azul?
O que será desse planeta azul?

O rio que desce as encostas já quase sem vida
parece que chora um lamento das águas
vão perdendo a estrada, a fauna e a flora
é tempo de pensar no verde
regar a semente que ainda não nasceu
deixar a Amazônia, perpetuar a vida
estar de bem com Deus.

TRABALHANDO COM A LETRA DA MÚSICA
1-O que o compositor da música quis dizer com a indagação: O que será do planeta azul?
2- “ A vida e a natureza a mercê da poluição”.
Reescreva da letra da música três passagens que comprovem a poluição do nosso planeta.
3- Você concorda com o autor da letra da música quando ele se refere que o nosso futuro está inseguro? Justifique.
4-Como você explica as agressões sofridas pela natureza?
5-“ É tempo de pensar no verde”
Que alerta o compositor quis fazer com esta afirmativa?
6- Em nosso município, a natureza sofre algum tipo de agressão? Em caso afirmativo, informe as que trazem mais problemas.

MÚSICA 6-
QUE PAÍS É ESTE?
( Legião Urbana)
Nas favelas, no senado, sujeira pra todo lado
Ninguém respeita a constituição
Mas todos acreditam no futuro da nação.
Que país é este?
Na Amazônia, no Araguaia, na baixada fluminense
No mato Grosso, MINAS Gerais e no nordeste tudo em paz
Só mesmo desgosto, mas o sonho ainda solto
Manchando os papéis e os documentos fiéis
Ao descanso do patrão
Que país é este?
Terceiro mundo se for
Piada no exterior
Mas o Brasil vai ficar rico
Vamos faturar um milhão quando vendermos todas as almas
Dos nossos índios no leilão
Que país é este?

TRABALHANDO COM A MÚSICA
1-Para você, que mensagem o autor quis passar quando falou esse trecho na música: Que país é este? Terceiro mundo se for, piada no exterior. Mas o Brasil vai ficar rico, vamos faturar um milhão quando vendermos todas as almas dos nossos índios no leilão.
2- Grife na letra da música, as palavras ou frases que se referem as características do Brasil , informando se é de ordem política, social, econômica, natural, cultural.
3- Em sua opinião quais são os aspectos positivos encontrados no Brasil?
4- Analise: “ Ninguém respeita a Constituição
Mas todos acreditam no futuro da nação”
E você acredita no futuro do nosso país? Justifque.

MÚSICA 7-
COMIDA
Compositores: Arnaldo Antunes, Marcelo Fremer e Sérgio Brito
Intérprete: Marisa Monte

Bebida é água
Comida é pasto
Você tem sede de quê?
Você tem fome deque?
A gente não que só comida.

A gente quer comida, diversão e arte
A gente não quer só comida.
A gente quer saída para qualquer parte
A gente não que só comida,
A gente que bebida, diversão, balé
A gente não quer só comida,
A gente quer a vida como a vida quer.

Bebida é água.
Comida é pasto.
Você tem sede de quê?
Você tem fome de quê?
A gente não quer só comer
A gente quer comer e quer fazer amor.
A gente não quer só comer.
A gente quer prazer para aliviar a dor.
A gente quer dinheiro e felicidade.
A gente não quer só dinheiro.
A gente quer inteiro e não pela metade.

Bebida é água
Comida é pasto.
Você tem sede de quê?
Você tem fome d quê?

TRABALHANDO COM A MÚSICA-
1-Por que os autores dizem que bebida é água e comida é pasto?
2- Por que os autores indagam:
- Você tem sede de quê?
- Você tem fome de quê?
3- Escreva o que você entendeu com a citação dos versos:
- A gente quer a vida como a vida quer.”
- “A gente quer prazer para aliviar a dor.”
- “A gente não quer só dinheiro”.
4- Relacione a situação do povo brasileiro e atuação do governo com os pontos que a letra da música discute ou questiona.

MÚSICA 8-
ASA BRANCA
Compositores: Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira
Intérprete: Luiz Gonzaga

Quando olhei a terra ardendo
Igual fogueira de São João
Eu perguntei a deus do céu
Por que tamanha judiação

Que braseiro, que fornalha
Em um pé de plantação
Por falta d’água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão
Até mesmo Asa Branca
Bateu asa do sertão
Então eu disse a deus Rosinha
Guarda contigo meu coração
Hoje longe, muitas léguas
Numa triste solidão,
Espero a chuva cair de novo
Para eu voltar pro meu sertão
Quando o verde dos teus olhos
Se espalhar na plantação
Eu te asseguro, não chore não viu,
Eu voltarei, meu coração.

TRABALHANDO COM A MÚSICA

1-Como é o ambiente físico descrito pelo autor?
2- Quais as razões que levam o autor abandonar este ambiente/
3- O migrante enfrenta dificuldades para se adaptar nos centros urbanos? Quais, na sua opinião?
4- A situação de miséria vivida pelos sertanejos não é provocada pelas condições climáticas do sertão. Tendo em vista tal informação, escreva um texto expondo seu ponto de vista frente às seguintes questões:
- A maior parte dos migrantes não saem do sertão, mas da zona da mata, região bastante úmida e própria para a agricultura.
- A seca representa uma justificativa para pobreza, que tem causas históricas e não naturais.
MÚSICA 9-
NOTÍCIAS DO BRASIL
Autores: Milton nascimento e Fernando Brant.
Uma notícia tá chegando lá do Maranhão
Não deu no rádio, no jornal ou na televisão do vento que soprava lá do litoral
De Fortaleza, de Recife e de natal
A boa nova foi ouvida em Belém, Manaus,
João Pessoa, Teresina e Aracaju
E lá do Norte foi descendo pro Brasil central
Chegou em Minas, já bateu lá no Sul
Aqui vive um povo que merece respeito, sabe/
E belo é o povo como belo todo amor
Aqui vive um povo que é mar e que é rio
E seu destino é um daí se juntar
O canto mais belo será sempre mais sincero, sabe/
E tudo quando é belo será sempre de espantar
Aqui vive um povo que cultiva a qualidade
Ser mais sábio que quem o quer governar
A novidade é que o Brasil não é só Litoral
É muito mais que qualquer Zona Sul
Tem gente boa espalhada por esse Brasil
Que vai fazer desse lugar um bom país
Uma notícia tá chegando lá do interior
Não deu nono Rádio, no Jornal ou na Televisão
Ficar de frente para o mar,de costas pro Brasil
Não vai fazer desse lugar um bom país.

TRABALHANDO COM A MÚSICA
1-Explique o sentido do verso da música:
“Aqui vive um povo que merece mais respeito, sabe/
2- A música fala de vários lugares do Brasil. Consultando o mapa do Brasil Político, responda:
- Qual a divisão do Brasil que tem, em seu conjunto, o estado do Maranhão? Qual a sua capital/
- Quais os estados das seguintes capitais citadas na letra da música?
Fortaleza:
NATAL:
Teresina:
Recife:
João pessoa:
Aracaju:
- Quais são os estados cujas capitais são Belém e Manaus? De que região brasileira fazem parte?
3- Que análise você faz sobre esta estrofe da música?
“A novidade é que o Brasil não é só Litoral
É muito mais que qualquer Zona Sul
Tem gente boa espalhada por esse Brasil
Que vai fazer desse lugar um bom país”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário